Conecte-se conosco

Cotidiano

Enfermeiro morre após mal súbito em academia

O enfermeiro Guiherme Sousa Rodrigues que atuava no Centro Cirúrgico da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) morre após mal súbito dentro de uma academia em Teresina.

Publicado

em

O enfermeiro Guiherme Sousa Rodrigues que atuava no Centro Cirúrgico da Maternidade Dona Evangelina Rosa (MDER) morre após mal súbito dentro de uma academia em Teresina. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para socorrê-lo, mas Guilherme não resistiu e veio a óbito. Guilherme tinha 39 anos e trabalhava na Maternidade Evangelina Rosa há mais de quatro anos.

Veja a nota de pesar da MDER:

É com profundo pesar que a Maternidade dona Evangelina Rosa (MDER) , em nome da sua diretoria e colaboradores, recebeu a notícia do prematuro falecimento do enfermeiro Guilherme Sousa Rodrigues, de 39 anos, ocorrido na noite desta quarta-feira (17) em Teresina, após um mal súbito em uma academia. Guilherme era colaborador desta Instituição há quatro anos e cumpriu sua missão como profissional de forma honrada e competente. Nossos sinceros sentimentos à família, noiva, amigos, amigas e colegas de trabalho.

O que é mal súbito?

Os sintomas principais do mal súbito são dores no peito e falta de ar. Na maioria dos casos é uma parada cardíaca que acontece de forma repentina até uma hora após os primeiros sintomas ou 24 horas após atividades físicas.

Em 80% dos casos o mal súbido está relacionado a doenças cardiológicas. Diabetes também pode provocar o problema. Ele é na maioria dos casos decorrente de um distúrbio elétrico do coração (arritmia) que interrompe a função de bombeamento e o fluxo sanguíneo para o corpo.

Doenças cardiológicas mais comuns que provocam o mal súbito

Cardiopatia hipertrófica

Doença genética em que o coração fica hipertrofiado, ou seja, aumenta sua espessura. Isso gera desarranjo muscular que propicia o surgimento de arritmias graves, especialmente durante a prática de atividade física. Geralmente acomete pacientes jovens, ou seja, abaixo dos 35 anos.

Obstrução das artérias do coração

Doença aterosclerótica coronariana, como a isquemia miocárdica e o infarto, especialmente após os 35-40 anos.

Arritmias Cardíacas

Doenças dos canais iônicos, também chamadas de doenças de canais moleculares, que levam a anormalidades no funcionamento desses canais por onde passam esses íons (potássio e magnésio) – que tornam esses indivíduos mais vulneráveis às arritmias.

Com informações do G1 Piauí

Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

Todos os Direitos Reservados © 2021 | Portal Capital Teresina | Jornal Diário do Povo | Editora Capital Teresina Ltda