06/12/2017 - 14:48

PMDB denuncia que Progressistas estão cooptando prefeitos

O PMDB, até agora, perdeu dois prefeitos para o PP

Autor: Luciano Coelho

Os desentendimentos entre o PMDB e os Progressistas estão abalando a base de sustentação política do Governo. Os líderes do PMDB  ficaram irritados com a cooptação de prefeitos da legenda para os Progressistas. O PMDB, até agora, perdeu dois prefeitos para o PP. Em fevereiro pode perder mais, com uma nova festa de filiações ao Progressistas anunciada pelo presidente estadual da sigla, deputado Júlio Arcoverde.

Enquanto os progressistas anunciavam novos filiados, a cúpula do PMDB se reunia na Assembleia Legislativa. Os peemedebistas querem garantias que vão estar na chapa majoritária encabeçada pelo governador Wellington Dias. E essa certeza não existe.

Essas discussões, onde os progressistas reivindicaram a manutenção da vaga de vice-governador, hoje ocupada por Margarete Coelho, estremeceu as relações com o PMDB, que tinha indicado o deputado Themístocles Filho para a vaga.

Em retaliação ao poderio do PP, que conta atualmente com 62 prefeitos, o PMDB ameaçou não votar em Ciro Nogueira e buscar outros candidatos ao Senado, que podem ser: Wilson Martins (PSB), Júlio César (PSD) ou Dr. Pessoa (PSD).

“Trabalhamos para manter a base unida. Eu tenho amizade e gostaria de votar em Ciro, mas dessa maneira como está sendo feito não é possível”, reagiu o líder do PMDB na Assembleia, deputado João Madison Nogueira.

Ele disse que um partido ter prefeitos é importante, mas Mão Santa já foi eleito governador com apenas três prefeitos, e Wilson Martins perdeu a eleição para o Senado tendo 80% dos prefeitos do Estado. “Estão cooptando os prefeitos de outros partidos. Mas o povo é quem decide quem é eleito.  Ciro é bem articulado e acha que essa é a melhor maneira. Mas essa não é a melhor maneira”, finalizou.

Na última filiação feita pelo PP, o PMDB perdeu os prefeitos de Alvorada do Gurguéia, Luís Martins, e o prefeito de Demerval Lobão, Júnior Carvalho, que foi muito festejada, pois ele era eleitor de Themístocles Filho.