03/09/2017 - 17:26

Obras de Requalificação do Mercado São José destacam potencial turístico de Teresina

Primeira etapa deve ser entregue no final de setembro

Na manhã desta sexta-feira (1º), a equipe da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Centro/Norte, acompanhada do secretário Nacional de Estruturação do Turismo, Henrique Pires, realizou visita às obras de requalificação do Mercado São José. 

A obra conta com recursos na ordem de R$ 3 milhões, R$ 1,8 milhão em recurso da Prefeitura e R$ 1,147 milhão oriundo de convênio com o Governo Federal.  A primeira etapa da obra visa restaurar a parte histórica do Mercado Central e a área destinada à venda de artesanato e deve ser entregue no final do mês de setembro deste ano.

O secretário Nacional de Estruturação do Turismo participou de visita guiada pelo Mercado falou sobre a potencialidade turística do local que, quando for entregue à população, passará a ser não só ponto de comércio, mas um local para convivência e visitação turística.

Na fase atual da obra, já foi recuperada a estrutura original das paredes do prédio, que teve suas obras de edificação iniciadas no século XIX, por volta de 1854, nos primórdios da implantação da cidade pelo Conselheiro Saraiva. 

Segundo a superintendente executiva da SDU Centro/Norte, Márcia Muniz, esta não é uma simples obra de reforma, uma vez que envolve a reestruturação de um prédio histórico, que a estrutura interna do Mercado está sendo restaurada preservando as características originais da arquitetura.

“Os arcos e o teto foram mantidos no padrão original e as colunas do local foram reforçadas, respeitando o formato e dimensões originais, tudo isso para garantir que a parte histórica seja preservada. Em alguns locais, pensamos em deixar a parede sem reboco para mostrar à população os tijolos da estrutura que foi preservada, ressaltando, sobretudo, a importância histórica do prédio”, enfatiza a engenheira.

O Mercado também já recebeu novo piso, nova cobertura, reforma dos arcos e melhorias no layout para abrigar a maior quantidade de permissionários, bem como obras de acessibilidade e de melhorias na instalação elétrica e hidráulica.


Fonte: Prefeitura de Teresina