01/10/2017 - 16:45

Nova usina deve dobrar produção de asfalto em Teresina

A previsão é de produção de 100 toneladas de asfalto por hora na nova usina

Nesta sexta-feira (29), o prefeito Firmino Filho assinou o financiamento de R$ 5 milhões com o Banco do Brasil para realizar a compra de um maquinário que incrementará a produção de asfalto, como fresadora, vibroacabadora e rolos de compactação. Atualmente, a usina produz 50 toneladas de pavimento por hora e o investimento vai dobrar a produção.

"Essa é a primeira operação do gênero realizada no Brasil e nós estamos muito felizes com a parceira do Banco do Brasil. Com o financiamento, iremos aumentar a produção e melhorar as condições asfálticas de Teresina. Esse é um ganho direto para a mobilidade urbana da cidade", avalia o prefeito Firmino Filho.

Foto: Rômulo Piauilino

A produção ainda deverá atender à legislação ambiental ao trocar o combustível Diesel por Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), que é menos poluente e mais barato. "Estamos prevendo a produção de 100 toneladas de asfalto por hora na nova usina e, com o maquinário, poderemos fazer a retirada do pavimento antigo e promover mais durabilidade das condições asfálticas das vias", declara o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antônio Ayres.

Apenas em 2017 foram aplicados R$ 9.720.594,63 em asfaltamento de ruas e avenidas, oriundos de recursos próprios do tesouro municipal e de empréstimo do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Ao todo, 287.121,60 metros quadrados de vias receberam pavimentação asfáltica, beneficiando todas as zonas da capital.

A nova usina também reforçará as ações da Operação Tapa-Buraco, que prevê a reparação e manutenção nas vias de forma mais rápida e eficaz. Diariamente, cinco equipes da Operação estão distribuídas pela cidade aplicando um total de 75 toneladas de asfalto nas ruas.


Fonte: Prefeitura de Teresina