17/07/2017 - 11:56

Inscrições para Prêmio de Criação em Artes Visuais seguem até sexta-feira

A premiação desta edição é no valor de R$ 7.000 para cada um dos selecionados.

Autor: Capital Teresina

Os interessados devem se dirigir à sede da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves ou enviar a ficha pelos Correios ou por serviços de entrega expressa, com Aviso de Recebimento. Serão premiados no máximo cinco ganhadores individuais ou coletivos, levando em consideração a qualidade, relevância estética e conceitual e originalidade da obra.

O Prêmio de Criação em Artes Visuais 2017 visa unir a sociedade, artistas e a arte. O projeto consiste no desenvolvimento e acompanhamento do produtor artístico. Um dos exemplos mais conhecidos é o Projeto Jerú, um dos ganhadores da edição passada, desenvolvida por Washington Gabriel, mais conhecido por W.G. Seu projeto foi desenvolvido em meio a casas e paredes sem reboco na Vila Jerusalém, que viraram telas em que o artista retratou moradores do local.

O projeto ganhou notoriedade pelo realismo impresso pelo artista e por mostrar o lado humanitário da comunidade, que é reconhecida pelo alto índice de venda de drogas e violência.

Os interessados devem preencher e assinar a ficha de inscrição completa, apresentar cópia da carteira de identidade e CPF, ou, em sendo estrangeiro, apresentar cópia do Passaporte, portifólio resumido em duas versões (impressa e digital) de no mínimo quatro páginas e/ou currículo de duas páginas. O projeto a ser desenvolvido no período da residência deve conter questões práticas e conceituais mais relevantes, em duas versões: impressa e digital.

O Prêmio de Criação em Artes Visuais irá premiar no máximo cinco criadores, devido a qualidade, relevância estética e conceitual e originalidade. Cada criador ou coletivo selecionado será contemplado com o prêmio no valor de R$ 7.000, repassados em três parcelas mensais e consecutivas, a fim de auxiliar na manutenção e produção de sua obra, bem como no desenvolvimento das atividades durante o prazo de residência obrigatória.

Confira aqui o edital


Fonte: Ascom