21/01/2018 - 14:44

Dr. Pessoa vai sair do PSD e disputar o Governo pela Rede

Deputado não conseguiu se viabilizar no partido e já decidiu que vai sair da legenda

Autor: Manoel José

O deputado estadual Dr. Pessoa (PSD) vai sair do partido para ingressar na Rede Sustentabilidade onde deverá ser candidato a governador do Estado do Piauí. Segundo o parlamentar, falta apenas avaliar o Estatuto do partido para sacramentar sua ida. 

O convite para Pessoa ingressar à Rede foi feito oficialmente na noite de quinta-feira (18), em Teresina. Um grupo de filiados se reuniu com o deputado e ofereceu ceu o partido e as condições para que ele possa deixar o PSD e seguir com seu desejo de disputar o Governo.

Dr. Pessoa Foto: Cândido Neto

Dr. Pessoa disse que está com o Estatuto do Partido em mãos e que irá analisar todos os pontos antes de viajar até Brasília para conversar com a presidenciável Marina Silva e toda a cúpula da Rede. A estratégia é também de ter um palanque para Marina no Estado do Piauí.

Por outro lado, para poder ingressar na Rede, o deputado impôs algumas condições, que segundo ele já foram avalizadas pela cúpula nacional. Pessoa pediu o comando do partido no Estado do Piauí, além de ter o poder para indicar 15 dos 27 dirigentes. Essa solicitação já teria sido atendida.

A Rede solicitou também, que seu filho, 'Pessoinha' possa ser candidato a deputado estadual pelo partido. A estratégia é de tentar colocar o filho no vácuo que será deixado pelo deputado Dr. Pessoa. A possibilidade é real, mas ainda não foi confirmada. 

Informações de bastidores dão conta de que o comando municipal da Rede Sustentabilidade, está temeroso em relação às exigências impostas pelo deputado. Os atuais mandatários temem perder espaço com a chegada do grupo de Dr. Pessoa. Contudo, a ordem deverá vir da direção nacional. 

A ida de Dr. Pessoa para a Rede se deu após uma série de especulações em torno de sua candidatura. O deputado pediu ao deputado federal Júlio César (PSD) para que viabilizasse sua candidatura, mas o partido vai mesmo apoiar a reeleição de Wellington Dias (PT). Informações colocaram o deputado estadual em vários partidos, como MDB e Solidariedade, mas ele já definiu que irá mesmo para a Rede. 


Fonte: Diário do Povo