11/08/2017 - 12:32

Base aliada sai em defesa da candidatura de Luci Silveira

Candidatura de Luci Silveira é dada como certa.

Autor: Manoel José

Os vereadores da base aliada aproveitaram a sessão plenária para defenderem a possível candidatura da primeira-dama da capital, Luci Silveira (PP), ao cargo de deputada federal em 2018. Após críticas feitas pelo vereador Dudu (PT), de que o prefeito Firmino Filho (PSDB) aproveitou o lançamento da campanha de 165 anos de aniversário da cidade para lançar o nome da esposa, a base saiu em defesa do nome de Luci Silveira.

De acordo com o vereador Inácio Carvalho, suplente pelo PP, a candidatura da primeira-dama é um direito conquistado por ela. Ele disse ainda que Luci tem condições de disputar qualquer cargo.

“É um direito dela, conquistado. Tem todas as condições para ser o que quiser no estado. Ela já possui uma vasta experiência. Trabalha há anos com o prefeito Firmino Filho, mas é discreta, não gosta de mídia e nem busca chamar atenção”, destacou o vereador.

Outro suplente, a vereadora Teresinha Medeiros (PSL) já dá como certa a candidatura da primeira-dama. Ela ressalta que esse é o momento das mulheres assumirem o protagonismo na política local e nacional.

“Teresina vai ganhar uma grande representante. Uma mulher preparada e que nos representar muito bem no cargo que ela quiser ocupar”, garantiu a vereadora.

A líder do prefeito na Casa, Graça Amorim (PMB), também foi enfática ao defender o nome de Luci Silveira. Contudo, ela aproveitou ainda para rebater as críticas de Dudu. “As mulheres estão preparadas. Ela é preparada. Dizer que o prefeito usa o aniversário da cidade para promover a esposa é algo muito desproporcional”, disse Graça Amorim.

O vereador Joaquim do Arroz (PRP), também da base aliada, comentou que ainda não é o momento da Câmara Municipal discutir sobre as eleições de 2018. Para ele, o momento é para os que vereadores foquem em seus mandatos, visitando as comunidades e buscando as melhorias. “Vamos deixar para falar de política partidária somente em 2018. Nosso foco aqui deve ser o mandato de vereador”, argumentou Joaquim do Arroz. 


Fonte: Diário do Povo