07/12/2017 - 15:32

Wellington pede censura a vídeo que critica a criação de cargos

Processo já dura 7 meses para tirar o vídeo do ar

Autor: Manoel José

O governador Wellington Dias (PT) está há pelo menos sete meses tentando censurar a jornalista paranaense Joice Hasselmann, que ele acusa de ter proferido críticas infundadas a sua gestão. O petista ajuizou uma ação para retirar do ar o vídeo publicado pela jornalista.

De acordo com a ação, o governador se diz ter sido atingido moralmente. No vídeo, a jornalista diz que Wellington Dias é o governador mais irresponsável da história do Piauí e que apesar da grave crise econômica, criou uma série de cargos para acomodar aliados políticos.

"Wellington Dias, governador do estado Piauí que está decidido a entrar para história como o governador mais irresponsável de todos os tempos. O governado Wellington Dias está criando milhares de cargos comissionados para simplesmente colocar os apadrinhados do PMDB, para costurar uma aliança agora, pensando nas eleições”, diz a jornalista.

Em maio, o juiz da 2ª Vara Cível de Teresina, José Aírton Medeiros de Sousa, negou a liminar pretendida pelo governador. Na decisão, ele diz que não é possível concluir se é falsa a informação acerca da criação de três mil cargos. Segundo ele, as leis apresentadas pelo autor da ação não pode concluir qual âmbito de abrangência da fala contida no vídeo.

"Considerando que, de todo o conteúdo do vídeo, o autor centra suas alegações na suposta inexistência da criação de 3 mil cargos, a análise das provas apresentadas pelo autor, essencialmente leis estaduais que criaram e extinguiram cargos, não é suficiente para, nesta fase processual, sem ouvir-se a parte contrária, concluir se a informação é falsa, como alega o autor, ou não. Acaso os números de cargos extintos e criados, segundo as leis apresentadas pelo autor, sejam os que ele sustenta, não se pode concluir qual o âmbito de abrangência da fala contida no vídeo", diz.