20/04/2017 - 10:14

Servidores do Estado terão que atualizar cadastro a cada dois anos

Pelos dados da Administração, houve uma economia em torno de R$ 20,9 milhões.

Autor: Luciano Coelho

Os servidores públicos, ativos e inativos, pensionistas e militares do Estado terão que fazer uma atualização cadastral a cada dois anos. O último realizado pela Secretaria de Administração cadastrou pouco mais de 94.290 mil servidores e identificou irregularidades com 5.366 mil deles que acumulavam funções ou cargos e tiveram os contracheques bloqueados. Outros 1.040 foram excluídos da folha de pagamento por conta de outras irregularidades. Pelos dados da Administração, houve uma economia em torno de R$ 20,9 milhões por ano com a medida.

Foto/Reprodução 

O governo cruzou a folha de pagamento do Estado com a do Município de Teresina nesta fase foram abetos 2.816 processos para averiguar acumulações indevidas e constataram 517 irregularidades. No cruzamento de dados com as folhas das prefeituras do interior foram detectadas 6.086 acúmulos de cargos públicos. 3.322 deles já foram notificados. No cruzamento da folha com a União foram identificados 1.099 casos.

A atualização dos dados dos servidores do Estado agora é lei, sancionada pelo governador Wellington Dias, sob o número 17.107, de 17 de abril  de 2017. Para evitar os tumultos como aconteceram das vezes anteriores, o servidor poderá prestar essas informações no mês do seu aniversário e de forma on line.

Os servidores comissionados, de licença, em férias, temporários, prestadores de serviço e pensionistas também deverão passar pelo mesmo processo. Quem não se submeter ao recadastramento terá os vencimentos bloqueados pela Administração.


Fonte: Diário do Povo