07/03/2018 - 08:36

Concurso Miss Piauí 2018 terá premiação maior e grande atração

O concurso está programado para acontecer no dia 28 de abril

Autor: Thauana Cavalcante

A Band Piauí anunciou na manhã de ontem, dia 6, durante coletiva todos os detalhes do Miss Piauí BE Emotion 2018, o maior concurso de beleza do Estado. Dentre as novidades estão a premiação, que este ano será de R$10.000 reais para a vencedora e a participação de Monalysa Alcântara na entrega da faixa e coroa para a nova Miss. O concurso este ano também quer encerrar com uma grande atração para o público em espaço aberto.

O Miss Piauí BE Emotion que elegeu a primeira Miss Brasil piauiense está programado para acontecer no dia 28 de abril, às 19h, ainda sem local definido pela organização. Mais uma vez a representante piauiense será a última das 27 candidatas a serem eleitas ou aclamadas para a etapa nacional. O Miss Brasil está marcado para o dia 19 de maio.

Assim como no ano passado, o concurso será bem rigoroso na seleção e escolha das candidatas finalistas. “Recebemos muitas críticas ano passado por conta dos critérios adotados. O concurso foi vítima de muita polêmica. Mas concluímos que o que fizemos deu certo, pois conquistamos o título de Miss Brasil e chegamos ao TOP 10 do Miss Universo”, diz Diego Trajano, diretor da Band Piauí.

Mais uma vez, o Miss Piauí BE Emotion terá a cobertura, coordenação e produção da Band Piauí. A transmissão para a capital é através do canal 12.1. Na curadoria do concurso está Izi Vieira, que junto com um comitê de especialistas em diversos segmentos irá fazer parte da seleção das candidatas.

Para Trajano, o concurso virou sinônimo de qualidade, pois em todo o país só se fala no Miss Piauí. “Tivemos apresentadores nacionais bastante interessados em vir apresentar o concurso aqui e também já recebemos diversos propostas de locais para fazer o Miss Piauí este ano. O concurso está sendo bem visto e bastante requisitado. Este ano, o que nós queremos é continuar trabalhando para que possamos ter uma bicampeã. É difícil, mas vimos que não é impossível”, diz Diego Trajano.


Fonte: Jornal Diário do Povo