17/07/2017 - 08:13

Com seca, Governo e Prefeitura realizam shows na Serra da Capivara

Na região, comunidades estão sem água potável.

Autor: Marcelo Rocha

O Parque Nacional Serra da Capivara, na região de São Raimundo Nonato, será palco do festival cultural Ópera Serra da Capivara. O evento acontece, no Parque Nacional, nos dias 27, 28 e 29 de julho. Hoje, pela manhã, no Palácio de Karnak, o governo do Estado fará o lançamento do evento, que acontece em parceria com a Prefeitura de São Raimundo Nonato.

Foto/Divulgação 

 A governadora em exercício Margarete Coelho, o secretário estadual de Cultura, Fábio Novo, e o secretário estadual de Turismo, Flávio Nogueira Jr., participarão da solenidade. A prefeita de São Raimundo Nonato, Carmelita Castro (PP), e a idealizadora do evento Sádia Castro, irmãs da governadora, estarão, também, presentes.

 O prefeito de Coronel José Dias, Manoel Oliveira Galvão (PSB), mais conhecido por Maninho, vai estar na solenidade, após ter ficado chateado em não ter sido informado de nada sobre o evento previsto para acontecer no território do seu município. É que o local onde acontecerá as apresentações artísticas será em frente a Pedra Furada, que faz parte do povoado Sitio do Mocó, que é de Coronel José Dias.

 O festival cultural Ópera Serra da Capivara, vai acontecer em território do município de Coronel José Dias, mas grande parte das despesas estão sendo pagas pela Prefeitura de São Raimundo Nonato e pelo Governo do Piauí.

 O prefeito Maninho chegou afirmar que não havia sido consultado, pelos idealizadores do evento, e nem informado que iriam fazer o festival de cultura no território do município que ele governa e sem a participação da prefeitura de Coronel José Dias. O prefeito chegou a dizer que era um absurdo e seria preciso ser fiscalizado pelo Tribunal de Contas do Estado, “afinal uma prefeitura não pode ultrapassar seu território e fazer gastos e investimentos em outro município sem que exista, sequer, um convênio”.

Ontem, o prefeito Maninho informou que tudo havia sido resolvido. A prefeitura de Coronel José Dias vai fazer uma grande festa no povoado Sitio do Mocó para a população do município.

 O festival Ópera Serra da Capivara, para a bailarina piauiense radicada na Alemanha, Lina do Carmo, responsável pelas três edições do festival Interartes que aconteceram na Pedra Furada e que têm a marca registrada em seu nome, o novo evento não trata de incentivo à cultura e arte, mas sim um evento para uso político. “É a versão piauiense da máxima romana do pão e circo”.  A população não tem acesso a água potável, mas o poder público oferece festa”, disse indignada pelo facebook, direto de Paris, onde finaliza seu doutorado.

 Lina do Carmo vai além e denuncia o nepotismo que marca o evento. “Estão metendo os pés pelas mãos. A festa é organizada por uma única família, tendo a frente a vice-governadora Margarete Coelho (PP), sua irmã, a prefeita de São Raimundo Nonato, Carmelita Castro (PP), e pela outra irmã, Sádia Castro, jornalista e professora do IFPI. Isso sem falar na secretária de Educação de São Raimundo, também irmã da vice-governadora e da prefeita, tudo isso utilizando recursos de um município em risco de iminente colapso no abastecimento d’água”, declarou a bailarina Lina do Carmo.

 A crise no abastecimento d’água na cidade e microrregião de São Raimundo Nonato nunca esteve tão dramática como agora. Por determinação da Justiça, a Agespisa foi proibida de fornecer água da barragem Petrônio Portela para os moradores da microrregião em função da péssima qualidade do produto. Alguns meses atrás em entrevista numa emissora de televisão em Teresina, a prefeita Carmelita Castro chegou a dizer que a população estava consumindo lama. A prefeita de São Raimundo Nonato é esposa do secretário estadual da Defesa Civil, deputado Hélio Isaías (PP), responsável, teoricamente, pelo fornecimento d’água para a população do Estado, nesse período de estiagem.

 O Piauí vive uma das piores crises de abastecimento d’água e falta de recursos, e o governador Wellington Dias chegou a gravar um vídeo convidando a população para prestigiar o festival que será realizado no município de Coronel José Dias que não dispõe de água de boa qualidade, sequer, para o consumo humano. Ao contrário, a zona urbana e rural está sendo abastecida por carros pipas.


Fonte: Diário do Povo