versão para impressão

Matéria publicada: 20/03/2017 - 10:12

Obras sem orientação de engenharia podem resultar em desabamento

As modificações não podem ser feitas de qualquer jeito

Autor: Claryanna Alves

A arquitetura de alguns conjuntos habitacionais de Teresina está descaracterizada. Fachadas são mudadas e os apartamentos e casas transformados em pontos comerciais. Isso sem falar nos puxadinhos e garagens anexas.

Muitas dessas mudanças são feitas sem qualquer orientação de profissionais da engenharia, o que pode resultar em problemas estruturais e causar até  desabamentos. No bairro Morada Nova, por exemplo, muitos dos apartamentos não possuem mais as características do projeto por conta de obras de ampliação dos espaços. 

João Pinheiro Filho, proprietário de um bar no Morada Nova, conta que para colocar o seu ponto comercial teve de fazer algumas alterações e também chegou a mexer no seu apartamento ao colocar uma garagem. "Aqui isso é bem comum. Você pode ver que os apartamentos são todos diferentes um do outro. Moro aqui há 15 anos e muita coisa mudou. Eu mesmo já mexi no meu fazendo uma garagem para o meu carro não ficar na rua", conta.

Assim como ele, o senhor Mário Lacerda conta que já fez reforma para ampliar o seu apartamento. "Derrubei parede para aumentar um quarto. Também fiz uma garagem, mas foi de gradeado. Por aqui a maioria dos comércios são resultado dessas alterações, onde derrubam paredes para ganhar espaço, mas isso pode ser um problema para o imóvel todo", observa.

De acordo com o engenheiro civil Rômulo Pedrosa, essas modificações não podem ser feitas de qualquer jeito, precisam de um acompanhamento de um profissional para estudar a estrutura da casa.  

"Só um engenheiro civil pode fazer a avaliação do risco da obra. Toda edificação trabalha em conjunto, ela não trabalha de maneira separada. Então cada componente trabalha com outro para poder levantar a estrutura. No momento que eu faço uma modificação nessa estrutura eu tenho que fazer uma análise do projeto inicial do imóvel e saber onde eu posso mexer para poder conseguir trabalhar com segurança. Segurança tanto da edificação em si quanto dos imóveis vizinhos  que, no risco de um desabamento, eles também correm perigo", explica Rômulo Pedrosa.  

Ainda segundo o engenheiro, obras sem acompanhamento são bem comuns aqui em Teresina, onde as pessoas já compram um apartamento pensando em modificá-lo. "O pessoal compra um apartamento e quer modificar. Tem apartamento que não pode de jeito nenhum mexer. Então, por segurança, quando for fazer qualquer dessas obras, é importante ter um acompanhamento de um profissional da engenharia", conta.