versão para impressão

Matéria publicada: 14/11/2017 - 15:26

Oposição critica pedido de empréstimo sem aval do Legislativo

"Governo despreza o Legislativo", disse o deputado Robert Rios

O deputado Robert Rios (PDT) disse ter tomado um susto ao ter acesso à mídia e constatado que o governador Wellington Dias pretende encaminhar à Assembleia um Projeto de Lei que lhe dará poderes para contrair empréstimos sem autorização do Legislativo. Ele disse que o projeto autoriza o governador a contrair empréstimo a instituições não financeiras, que para é o agiota. Rios pediu ao presidente Themístocles Filho que não aceite o projeto, pois ele representa uma humilhação ao próprio Poder.

"Levei um susto ao saber que o governador Wellington Dias estaria mandando para essa Casa, um projeto de lei, que altera aquele projeto de lei, em que essa Casa permitiu que ele contraísse junto à Caixa Econômica Federal, empréstimo de R$ 600 milhões, dos quais R$ 307 milhões já recebidos e já desperdiçados e jogados no mato, porque não vimos as obras desses trezentos e sete milhões já gastos”, comentou o parlamentar.

Segundo ele, “mandar um projeto de lei em que essa Casa vai autorizar que o governador contraia empréstimo em nome do povo do Piauí. Até a constituição, que não é financeira, prevê que seria um absurdo. Seria um pontapé no traseiro dos deputados desta Casa e nesse Parlamento”, afirmou  Robert Rios.

O deputado Cícero Magalhães (PT) afirmou que o governo usou os recursos da primeira etapa dos empréstimos em obras, mas o governo federal está mudando as condições para novos empréstimos.

O líder do Governo, deputado João de Deus (PT), disse que o Piauí está em melhores condições que outros Estados, mas há a bancada oposicionista na Câmara Federal dificultando a liberação de novos empréstimos. O deputado afirmou que o Governo busca alternativas para contrair empréstimos.


Fonte: Diário do Povo