08/10/2017 - 17:17

EUA suspendem temporariamente emissão de vistos na Turquia por "segurança"

a missão diplomática americana criticou "os vazamentos de fontes governamentais turcas"

A embaixada dos Estados Unidos na Turquia anunciou neste domingo (8) que suspenderá temporariamente a emissão de vistos para viagens com o objetivo de minimizar o número de visitantes em suas sedes diplomáticas nesse país por "motivos de segurança".

"Os fatos recentes forçaram o governo dos EUA a reavaliar o compromisso do governo da Turquia com a segurança das sedes diplomáticas americanas e seu pessoal", indicou a embaixada em um comunicado divulgado em inglês e turco no Twitter.

"Para minimizar o número de visitantes em nossa embaixada e consulados enquanto durar esta avaliação, suspendemos com efeito imediato todos os serviços de vistos, salvo os de imigração, em todas as instalações diplomáticas americanas na Turquia", concluiu a embaixada na nota.

Apesar de a missão diplomática não ter especificado quais são esses "fatos recentes", é possível que tenham relação com a detenção de um cidadão turco, funcionário da embaixada dos EUA em Ancara.

O detido é acusado de manter vínculos com antigos responsáveis pela polícia turca que, supostamente, teriam relações com o movimento do clérigo islamita Fethullah Gülen, a quem o governo turco acusa de ser o mentor da tentativa fracassada de golpe de Estado em 2016.

Na última quinta-feira, a embaixada dos EUA emitiu um comunicado no qual se declarava "profundamente afetada" pela prisão de seus funcionários.

Além disso, a missão diplomática americana criticou "os vazamentos de fontes governamentais turcas com o aparente objetivo de julgar funcionários nos meios de comunicação, em vez de fazê-lo nos tribunais". 


Fonte: Agência EFE