17/07/2017 - 10:40

Sem a liberação do orçamento, IFPI pode ter 2° semestre prejudicado

A instituição está com dificuldade até para manter o básico.

Autor: Marcelo Rocha

O funcionamento do Instituto Federal do Piauí (IFPI) corre o risco de ter o segundo semestre letivo extremamente prejudicado por conta da falta de recursos para sua manutenção, inclusive na aquisição de itens básicos. Segundo o reitor da instituição, o professor Paulo Henrique Gomes de Lima, até o momento o Governo Federal só liberou a utilização de somente 70% dos recursos disponíveis para o ano. Orçamento esse que já sofreu uma redução de 28% em relação ao montante de 2016.

Foto/Reprodução 

“Essa limitação tem impactado diretamente nas atividades de rotina da instituição, estamos com dificuldade até de comprar insumos básicos”, lamentou o reitor. Um dos impactos mais fortes aconteceu com a portaria publicada pelo Governo em 16 de fevereiro deste ano, reduzindo o orçamento de R$ 36 milhões que era utilizado na contratação de vigilantes, pessoal da limpeza, entre outros, para R$ 26 milhões, ou seja, uma retirada de R$ 10 milhões, o que provocou a demissão de mais de 200 pessoas.

Se no quesito manutenção a situação está difícil, mais complicada está a parte de investimentos. “É praticamente inexistente. Realmente não estamos podendo pensar em ampliar salas, laboratórios, comprar equipamentos, nada. Só nos resta a esperança para manter a expectativa que esse limite de 70% seja ampliado”, conta.


Fonte: Diário do Povo