19/03/2018 - 09:41

Dia do Artesão: Profissão emprega 7.000 pessoas no Piauí

Ofício chegou a movimentar no ano passado R$ 1 milhão em todo o Estado

Autor: Thauana Cavalcante

O Dia Nacional do Artesão é comemorado nesta segunda-feira, dia 19 de março. A data celebra também o Dia de São José, padroeiro da categoria, que pela tradição cristã exercia a profissão de carpinteiro. No Piauí existem cerca de 7.000 artesãos e o ofício, regulamentado como profissão por meio da Lei n° 13.180, chegou a movimentar ano passado R$ 1 milhão em todo o Estado, segundo dados da Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense.

Mestre Valdir, que faz parte destes 7 mil, trabalha na arte santeira há mais de 30 anos. Antes de falar de seu trabalho, ele lembra de outros artistas que foram pioneiros nesse segmento no Piauí. “O Mestre Dezinho, por exemplo, começou na igreja Nossa Senhora de Lourdes, na Vermelha, estimulado pelo padre do local na época. Além dele, também não podemos esquecer o Mestre Expedito, que com o seu trabalho incentivou muitos outros artesãos”, destaca.

Valdir é um discípulo do Mestre Dim, exemplo na arte santeira da capital, e trabalha junto com a esposa, Maria dos Remédios, neste ofício. Seus principais trabalhos são santos feitos em madeira de Cedro, Jenipapo ou Pau D’Arco. Além de confeccionar peças, os artesãos também ensinam outras pessoas, principalmente jovens, para que a profissão possa se perpetuar por outras gerações. 

“A nossa proposta é repassar os conhecimentos que temos a outras pessoas, tudo de forma gratuita. Estamos com a ideia de dar aulas no Monte Castelo, bairro onde surgiu a maioria dos artistas em arte santeira”, destaca Valdir.

Nesta data, o objetivo dos artesãos é fazer com que o dia não passe esquecido e também lembrar que a profissão merece mais divulgação e destaque no cenário piauiense. “Temos um Centro de Produção que está meio esquecido. Acho que precisamos ser mais vistos, temos ainda poucas programações e projetos voltados ao artesão”, conclui Valdir.

No Brasil existem hoje 8,5 milhões de artesãos que juntos movimentam R$50 bilhões por ano no país. Depois de regulamentada a profissão, o artesão ficou conhecido como aquele que, de forma individual ou coletiva, faz uso de uma ou mais técnicas no exercício de um ofício predominantemente manual.


Comemoração

O Dia do Artesão será comemorado nos dias 22 e 27 de março, com programações realizadas pela Superintendência de Desenvolvimento do Artesanato Piauiense. No dia 22, a partir das 9h, haverá a criação de um boxe para os artesãos com a plantação de mudas de Cedro, no Parque Potycabana. Já no dia 27 acontecerá, às 8h, no auditório do Sebrae, o lançamento do portal do artesanato e da loja virtual e uma palestra sobre uma case de sucesso no artesanato. 

 


Fonte: Jornal Diário do Povo