24/11/2017 - 15:12

Ação na praça chama atenção de homens para cuidar da saúde

A maioria dos atendidos confirma que visita pouco o médico

Autor: Claryanna Alves

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam que o homem vive sete anos a menos que as mulheres por falta de cuidado com a saúde. Cerca de 600 mil novos casos de câncer de próstata foram notificados no Brasil entre 2016 e 2017. A chance de cura se a doença for descoberta precocemente é de 90%. Por ano morrem 13 mil homens em decorrência da doença, correspondendo uma morte a cada 40 minutos.

Frente a esses dados, a Casa Esperança e Vida, em parceria com uma faculdade particular de Teresina, realizou uma ação educativa com foco no cuidado com a saúde do homem, em especial com orientações sobre prevenção ao câncer de próstata. A ação aconteceu na praça Rio Branco, Centro da capital, e levou informações para os populares que ali passavam.

De acordo com a assistente social Jane Mendonça, dentre as ações realizadas pela Casa, essa é realizada para chamar a atenção do homem para sua saúde. “Na Casa Esperança e Vida, nós realizamos diversas ações voltadas para a conscientização do cuidado com a saúde e prevenção do câncer, assim como o tratamento precoce. Essa específica chama a atenção para o câncer de próstata. Muitos homens deixam de fazer o exame por puro machismo e explicamos a importância de realizar. Quando o câncer de próstata vem, ele vem severo”, explica.

Raimundo Oliveira, 51 anos, conta que nunca fez o exame de toque ou qualquer outro que possa identificar o câncer de próstata. “Eu não vou muito ao médico, tenho uma saúde boa. Difícil de precisar”, relata.

Durante a ação foram realizadas aferição da pressão arterial, teste de glicemia e orientações quanto à promoção e prevenção à saúde masculina. “Essa é a terceira edição do nosso Novembro Azul. Estamos abordando as pessoas, os homens, para falar da importância deles conhecerem o próprio corpo e cuidarem dele. Orientamos sobre o cuidado com a saúde na prevenção do câncer de próstata, pênis e testículos”, conta o professor de oncologia do curso de fisioterapia, Gabriel Maurício.

Casa Esperança e Vida

A Associação Casa Esperança e Vida de Assistência as Pessoas Com Câncer é uma instituição que busca dar voz às pessoas que sofrem de câncer no momento de tratamento da doença, no intuito de fazê-los conhecer seus direitos, informá-los adequadamente sobre o câncer, sobre sua cura e a importância de um diagnóstico precoce e do tratamento adequado.

A A.E.V. atua em Teresina - PI prestando um atendimento de qualidade aos seus usuários, suas ações refletem diretamente na melhoria da qualidade de vida das pessoas em tratamento de câncer, na reestruturação familiar, garantindo que as pessoas tenham acesso aos alimentos, suplementos, medicamentos, equipamentos para o tratamento, terapias complementares e de apoio, palestras, orientações e redução de conflitos, pois, entendemos que programas de educação e prevenção para a população salvam vidas e reduzem custos com hospitais e medicamentos.