Pimenta do Reino
18/10/2016 - 06:30

A Prefeitura de Teresina prorrogou por mais um ano o contrato com o antigo Instituto Curitiba de Informática, hoje, Instituto Cidades Inteligentes.

O Instituto mudou de nome, mas é o velho e conhecido ICI, objetivo de denúncia pelo Ministério Público Estadual no Piauí e investigado pela Polícia, na terra de Sérgio Moro, por suposto superfaturamento de preços.

O contrato é sempre celebrado sem licitação, por inexibilidade. O aditivo prorrogando a farra por mais um ano foi assinado também pelo secretario Kléber Montezuma, da educação. 

A coluna torce para ter dinheiro federal nesses pagamentos para que o MPF entre no caso e ajude o MPE.